Contabilidade em Santo Amaro

Como abrir uma empresa para infoprodutores: passo a passo para abrir CNPJ

Como abrir uma empresa para infoprodutores produção conteúdo digital illustrator

Você que trabalha como produtor digital, já pensou em abrir uma empresa para infoprodutores, reduzir impostos e aumentar os seus lucros na internet?

Neste conteúdo, vamos explicar em detalhes tudo o que você precisa saber sobre a contabilidade para infoprodutores, incluindo regimes de tributação, natureza jurídica, porte e vantagens do CNPJ.

Aqui, você também vai conferir, um passo a passo completo para abrir empresa para infoprodutores.

Acompanhe o conteúdo até o final e fique por dentro de tudo. Mas, se preferir, entre em contato com o nosso time de especialistas, clicando em um dos botões abaixo:

Botão Whatsapp     Botão Telefone Branco

O que faz um infoprodutor?

Como o próprio nome indica, o infoprodutor que é também um produtor digital é o profissional que dedica o seu tempo à produção de produtos digitais, os famosos infoprodutos.

Esse profissional desenvolve produtos digitais, como cursos online, ebooks e outros materiais para posterior divulgação e venda.

No seu dia a dia, os produtores digitais contam com o auxílio do gestor de tráfego e em muitos casos podem até mesmo, contratar agência de marketing digital para auxiliar na divulgação e lançamento dos seus infoprodutos.

No entanto, o que muitos produtores digitais não sabem, é que também precisam contar com o apoio de uma contabilidade especializada, não só para abrir CNPJ e investir na abertura de empresa, mas também para manter as suas obrigações com o fisco em dia e reduzir custos com tributos na venda de produtos digitais.

Para saber mais, descobrir o que é e o que faz a contabilidade para infoprodutores, confira os próximos tópicos deste conteúdo.

Abertura de empresa vetor contadores computador

Vantagens em abrir uma empresa para infoprodutores

Você sabia que o infoprodutor pode ser MEI? Sim, a modalidade MEI pode ser usada se a atividade escolhida for: instrutor(a) de cursos preparatórios independente.

Porém, se a atividade não se enquadrar na lista de ocupações permitidas do MEI, pode-se abrir empresa com uma natureza jurídica como a SLU por exemplo, e atuar como optante pelo Simples Nacional?

Preparamos esse conteúdo sobre como abrir empresa para infoprodutores para apresentar a você, não somente o passo a passo para montar o seu negócio, mas também as vantagens de abrir empresa e atuar como pessoa jurídica.

Confira as principais vantagens em abrir um negócio para infoprodutores:

Redução da tributação: Ao abrir um negócio para infoprodutores, o empreendedor pode obter uma importante redução de tributação e custos.

Só quem atua como pessoa física sabe quanto custa contribuir para o IRPF – Imposto de Renda Pessoa Física, não é mesmo?

Sendo assim, a redução de tributação é uma das principais vantagens encontradas por quem decide abrir CNPJ.

Limite de saque: As principais plataformas de afiliados do mercado, dentre elas a Eduzz e Monetizze, estipulam um valor máximo para o saque mensal de infoprodutores que atuam como pessoa física, o que pode ser um grande problema para os profissionais da área.

A Hotmart não estipula mais o limite de saque para infoprodutores e afiliados pessoa física. Porém deve se atentar com a Receita Federal por conta do recolhimento do Imposto de Renda.

Emissão de nota fiscal: Quem decide abrir uma empresa para infoprodutores pode emitir nota fiscal sobre as suas vendas, evitando problemas com o fisco.

Sendo assim, não restam dúvidas, abrir empresa para infoprodutores, é uma excelente opção.

Passo a Passo para abrir uma empresa para infoprodutores

Pensando em abrir uma empresa para infoprodutores? Confira o passo a passo e veja tudo o que você precisa saber para atuar como PJ (Pessoa Jurídica).

1.Elaboração e registro do contrato social

Para abrir uma empresa para infoprodutores você precisa antes de mais nada de um Contrato Social.

O Contrato Social é um documento que possui uma série de informações importantes sobre a futura empresa, dentre as quais, podemos destacar:

  • Nome do empresário e sócios;
  • Tipos de atividades a serem desenvolvidas;
  • Endereço da empresa;
  • Capital Social investido.

Após a elaboração deste documento, é preciso registrá-lo na Junta Comercial do Estado.

2.Registro do CNPJ

Com o Contrato Social devidamente registrado, será possível entrar com um pedido na Receita Federal para emissão do CNPJ.

3.Registro da Inscrição Estadual

Logo após, o Governo do Estado precisará emitir uma Inscrição Estadual e a sua autorização para emissão de notas fiscais.

4.Emissão da Inscrição Municipal

Por fim, será preciso solicitar à prefeitura a emissão de dois documentos importantes: a Inscrição Municipal e o Alvará de funcionamento.

5.Aquisição do certificado digital

Para que seja possível emitir suas notas fiscais e trocar informações com o fisco, você também precisará adquirir um certificado digital.

Vimos acima, um passo a passo básico para montar o seu negócio. No entanto, também é muito importante ficar atento e por dentro dos seguintes aspectos:

Porte da empresa

Defina o porte do seu negócio, são basicamente quatro opções:

Microempresa – ME: Faturamento anual de até R$ 360 mil.

Empresa de Pequeno Porte – EPP: Faturamento anual de até R$ 4,8 milhões.

Médio Porte: Faturamento entre R$ 4,8 milhões e R$ 300 milhões, segundo tabela do BNDES.

Grande Porte: Faturamento superior a R$ 300 milhões segundo tabela do BNDES.

Regime tributário

Também será preciso definir um regime tributário, tirando o MEI que possui limite de faturamento reduzido a R$ 81 mil (em 2021), temos três opções:

Simples Nacional: Regime tributário para afiliados com faturamento anual de até 4,8 milhões.

No Simples Nacional o infoprodutor pode ser tributado com alíquotas entre 6% e 19,5% a depender do seu faturamento e valor da folha de pagamento.

Lucro Presumido: Regime tributário para infoprodutores com faturamento anual de até 78 milhões.

No Lucro Presumido, as alíquotas variam entre 13,33% a 16,33% sobre o faturamento.

Lucro Real: Regime tributário destinado a infoprodutores com faturamento anual superior a R$ 78 milhões.

No Lucro Real, a apuração dos tributos e impostos devidos é realizada com base no lucro. No entanto, as alíquotas são mais elevadas que as praticadas nos regimes destacados anteriormente.

Natureza jurídica: Tipos de empresas que um infoprodutor pode abrir

Por fim, é importante que você receba orientações da sua contabilidade a respeito das naturezas jurídicas para infoprodutores.

São diversas opções, conforme listamos as principais abaixo. Sendo assim, é importante definir a melhor para o seu negócio.

  • EI – Empresa Individual;
  • Sociedade Empresária Limitada,
  • Sociedade Limitada Unipessoal,
  • Sociedade Simples Limitada 
  • Sociedade Simples Pura
Contabilidade pessoas grande ideia

Obrigações após abrir uma empresa para infoprodutores

Antes de finalizarmos este conteúdo e agora que você já sabe como abrir uma empresa para infoprodutores, precisamos lembrar que após montar negócio, será preciso manter as seguintes obrigações em dia:

  • Manter tributos e taxas em dia;
  • Emitir notas fiscais;
  • Fornecer as declarações e obrigações acessórias exigidas pelo fisco;
  • Escriturar movimentos fiscais e contábeis;
  • Elaborar balanços e balancetes;
  • Dentre outras obrigações.

Precisa investir na abertura de empresas, contratar produtores digitais, afiliados, vender infoprodutos e garantir que as suas obrigações fiscais estão em dia? Entre em contato com a Contabilidade em Santo Amaro, clicando em um dos botões abaixo.

Botão Whatsapp     Botão Telefone Branco